Nota Oficial

Entre as graves ameaças estão a retirada de uma equipe de profissionais de quantidade e qualificações mínimas, incluindo médicos, enfermeiros e fisioterapeutas e também a retirada de exigência de habilitação e qualificação profissional para coordenação das equipes das UTIs.
Estas propostas estão comprovadamente em direção contrária às atuais recomendações de acordo com a evolução do conhecimento científico para o melhor cuidado do doente grave. A aprovação destas propostas colocará os doentes graves sob menor vigilância e cuidados, o que está associado à maiores eventos desfavoráveis aos pacientes. Também é pertinente lembrar que este risco se aplica aos pacientes que serão atendidos nas UTIs do SUS e do sistema de saúde complementar da mesma forma.
Com o único objetivo e promover a qualificação do atendimento do doente crítico a SOTIRGS tem promovido uma conscientização sobre a importância e gravidade do tema colocado e convida a todos a se manifestarem pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. e divulgar através de redes sociais esta nota.
Respeitosamente
Diretoria SOTIRGS 2020 - 2021

(51) 3014.2093 | 3384-1362 | (51) 986198587 (WhatsApp) | sotirgs@sotirgs.com.br | Secretária Joice Dillenburg
Design e desenvolvimento by Dableo comunicação